Sol
















Numa tarde te vejo

E sinto o teu calor,
Na manhã seguinte
Sinto o teu amor.

É lindo contemplar-te,
Agora e sempre.
E rejubilar-me
Com a tua beleza presente!

Agradeço-te por existires
E fazeres tudo a tua volta brilhar.
Pois és essencial,
E contigo consigo amar.

Meu querido So
De várias estações.
Quero te ter sempre,
Desde o teu acordar,
Até ao meu deitar!

26/01/2008

1 comentário:

Nídia Solange disse...

Simplesmente LINDO :)

Continua assim Maninha e dentro em breve publicarás de certo o teu Livro :)

Beijinhos ENORMES

ah...ADORO-TE MUITISSIMO :)