Penas Caídas

Eram tristes as palavras
Mas mais tristes
Foram os actos

Murchou a vida
De perfeito enlaço
Precisei subir
Mas não consegui voar

As penas tinham-me caído
E eu chorei de dor!
Fiquei aprisionada
Dentro do Amor!

Amor esse que não foi feliz,
Que não existia
Que apenas era
Mais uma coincidência,
Desse atroz destino
Que me persegue e me Mata!

31/01/2008

Sem comentários: