Frágil

Incrivel loucura insana
Que te percorre o pensamento
Que te corroi a alma

Que te leva o corpo.

É triste que a cedência seja imediata
É triste que sejas assim tão fácil

Mais triste é não dares valor
Ao Verdadeiro Amor...


Trocaste a beleza
Pelo trivial,
De ti já nada quero

És mais um ser carnal!


Deitaste por terra o meu Amor
Por um simples calor...

Se assim o é, assim terás!
E de mim não mais me ouvirás!!! 22/01/08

1 comentário:

O Profeta disse...

Drástico amor...dramática poesia...mas bela...


Doce beijo